Atualidade

28 de Maio de 2014

Zoo de Lisboa faz hoje 130 anos com mudanças à vista

Em 130 anos, muito mudou. No Jardim Zoológico de Lisboa, o primeiro a ser criado na Península Ibérica, os visitantes já não veem os animais fechados em jaulas e já não interagem com eles como antigamente.

“Procuramos recriar o mais possível o habitat natural de cada espécie, estimulando assim os seus comportamentos básicos”, contou ao Jornal de Notícias o biólogo Tiago Carrilho.

Além disso, tenta-se, cada vez mais, que o zoo funcione como uma espécie de arca de Noé, que alberga animais em vias de extinção, para mais tarde os devolver à natureza.

O também técnico educativo contou àquele diário que outras alterações estão em vista, como a aposta num programa informático educativo, revelando que as espécies que mais fazem as delícias das crianças são os golfinhos, com os adultos a dar mais destaque aos elefantes e girafas.

Fonte: Notícias ao Minuto