Espaço Família | O nosso 1º Filho

Cuidados ao Bebé

29 de Janeiro de 2014

Vitalidade do recém nascido – o índice APGAR

29.01.2014 - indice APGAR A

O nascimento de um filho revela sempre um mundo de incertezas, e a primeira grande questão consiste em saber se o bebé está bem. A vitalidade do recém nascido é avaliada ao 1º e 5º minuto após o nascimento, e o teste é mundialmente reconhecido como o índice de APGAR. Consiste num pequeno teste efetuado ao recém nascido ao 1º e 5º minutos e em caso de necessidade repetido de 5 em 5 minutos.

Cada letra corresponde a uma variável, e em cada uma podemos obter a escala 0 caso não esteja presente, 1 se for fraco e 2 se for presente e dentro dos parâmetros normais.

Assim, o A corresponde a Appearance, verifica-se pela cor do bebé, que pelo contato com a temperatura exterior pode vir mais azulado, mas que rapidamente começa revelar a boa vascularização ficando cada vez mais rosado do centro para a periferia e corresponde ao Índice:

  • 0 – se este estiver azulado ou pálido,
  • 1 – se corpo estiver rosado mas as extremidades azuladas
  • 2 – se completamente rosado

A letra P corresponde a Pulse, que indica a frequência cardíaca e se o coração está a bombear sangue corretamente:

  • 0 – se não estiver presente,
  • 1 – se estiver inferior a 100 batimentos por minuto
  • 2 – se estiver superior a 100 batimentos por minuto

A letra G corresponde a Grimace, que se manifesta pela irritabilidade e reflexos, onde o choro ou grito domina:

  • 0 – quando não há resposta,
  • 1 – pequenas gesticulações faciais
  • 2 – choro vigoroso

A outra letra A corresponde a Activity, que se verifica pelo tonicidade muscular, que revela se a oxigenação dos tecidos e do cérebro está a ser eficaz:

  • 0 – Corpo flácido,
  • 1 – Alguma flexão das extremidades
  • 2 – Ativo e com o corpo fletido (enrolado)

A outra letra R corresponde a Respiration, que se traduz no esforço respiratório, pois os pulmões estão em franca expansão e desta forma consegue-se determinar se existe alguma obstrução ou se as vias respiratórias estão livres:

  • 0 – Não respira,
  • 1 – Ofegante, lento ou irregular
  • 2 – Regular, forte e choro audível

A soma de cada um destes itens poderá atingir um score máximo de 10, e caso o recém nascido não atinja o score 7, estes procedimentos serão repetidos de 5 em 5 minutos até que sejam atingidos.

Se já tiverem filhos, podem sempre consultar quais os scores obtidos, pois ficam assinalados no livrinho de saúde onde estão os dados relativos ao parto.

Na maioria dos casos, os scores são obtidos ao fim dos 5 minutos o que se poderá traduzir num descanso para os pais, de forma a terem a certeza que o seu bebé se encontra de plena saúde e pronto para deixar algumas noites em branco.

 

HEALTHY MOMMY

Cristina Jorge

Doutoranda em exercício físico e saúde

Especializada em pré e pós parto healthy Mommy

HM - logo peq

Comentários

  1. alexandra diz:

    É estranho porque os índices de apgar das minhas filhas não tinham letras e era numa escala de 1 a 10