Espaço Família | O nosso 1º Filho

Saúde

16 de Fevereiro de 2015

Varicela

A varicela é uma doença infectocontagiosa muito frequente em pediatria. É causada pelo vírus Varicela-Zoster.

Caracteriza-se pelo aparecimento de uma erupção cutânea progressiva de manchas vermelhas que evoluem para vesículas (borbulhas com “cabeça de água”), com conteúdo líquido claro, que causam muita comichão e que cicatrizam habitualmente em 10 dias. É altamente contagiosa, e esse contágio inicia-se 1 a 2 dias antes do aparecimento das manchas (as crianças infetadas começam a eliminar o vírus nas gotículas respiratórias) e mantêm-se até todas as vesículas estarem cicatrizadas. O período de incubação vai de 7 a 21 dias.

Esta doença é mais frequente até aos 10 anos, podendo contudo surgir em qualquer idade. É autolimitada e habitualmente decorre sem complicações, sendo a gravidade variável. Torna-se mais grave na fase de recém-nascido, nos primeiros meses de vida, na adolescência e na idade adulta.

Sinais e Sintomas

– Mal-estar geral, febre, dor de cabeça, dor de garganta, dor abdominal, perda de peso, cansaço.

– As lesões na pele localizam-se por todo o corpo, incluindo o couro cabeludo e atinge também as mucosas (boca, língua, vagina, anûs).

– As “marcas” surgem se as “borbulhas” forem coçadas.

Cuidados a ter

– Cortar as unhas rentes.

– Deve permanecer em casa durante os 10 dias. Primeiro, porque existe o risco de contágio que pode ser grave se for em grávidas não imunes, crianças com doenças crónicas e doentes oncológicos; segundo, porque a própria criança com varicela se encontra com as defesas diminuídas e mais suscetível a contrair outras doenças.

Tratamento

– Deve administrar um anti-histamínico (Atarax, Zyrtec, Aerius) para aliviar a comichão.

– Nas crianças com menos de 12 meses, na adolescência e na idade adulta deve fazer-se um antivírico (Aciclovir) ou em casos em que se justifique.

– A higiene é essencial nesta situação. Pode fazer banhos com farinha Maizena (contém amido que acelera a cicatrização. Não é consensual entre pediatras, mas eu recomendo) e dar banho com um produto neutro.

– Se existir febre, medicar sintomaticamente e de preferência só com Paracetamol (Ben-u-ron) e não utilizar anti-inflamatórios (Ibuprofeno, Aspirina).

1

Complicações

– Sobre-infeção bacteriana da pele (mais frequente).

– Pneumonia pós-varicela, assim como a Encefalite.

Recomendações

– A criança com este quadro deve ser sempre observada pelo médico.

Dra. Paula Vara Luiz

Pediatra | O Blog da Tia Paula 

É Diretora clínica da Clínica Paula Vara Luiz, serviços médicos, situada na Travessa do Forno 7-B 2050-114 Aveiras de Cima. É Médica especialista em pediatriaTrabalhou na Maternidade Alfredo da Costa, no Hospital de Santa Maria, Hospital de Santa Marta, Hospital de Dona Estefânia, Hospital da Horta (Açores), no Hospital de Vila Franca de Xira e Centro Hospitalar do Oeste (Torres Vedras). Anteriormente foi responsável pela Rubrica de Pediatria, semanalmente, da Rádio Lezíria, em Vila Franca de Xira. É autora de artigos para a Revista ÚNICA do Jornal Expresso. Atualmente exerce só medicina privada. Possui um vasto curriculum, com vários prémios nacionais e internacionais, assim como distinções. Encontra-se já com uma longa carreira, o que lhe permite uma grande experiência na prática clínica aliada ao seu “senso clínico”, tornando-a uma pediatra de excelência nos nossos dias.