Espaço Família | Como Cresceram

Saúde

1 de Junho de 2015

Uma dentada que os ajuda a comer melhor

fruta

Sabe-se que os miúdos pequenos adoram puxar pela imaginação. Também costumam gostar muito de bichos, como aqueles animais da selva que povoam os livros e os documentários na televisão.

Foi desta mistura de paixão infantil pela imitação e pelos animais e por causa da molenguice na hora de comer que nasceu um jogo de trazer por casa, daqueles talhados à medida para combater as preguiças no pequeno-almoço (ou no lanche, ou no jantar…). É muito simples, pois basta um pedaço de comida. Começamos nós: “Agora tens de dar uma dentadinha de formiga…”. E eles imaginam-se uma pequena formiga e lá dão uma dentadinha minúscula, meio reticente, enquanto ganham embalo para aventuras maiores. Seguem-se uma “dentadita de gato”, uma “dentada de texugo” (?), uma de borboleta, outras de tubarão e de crocodilo e muitas outras.

Até ao ponto alto, pois, a tal “dentadorra de leão” para acabar o banquete (afinal, como se chama uma dentada muito grande?). E num instante o tempo voa e aquela comida indesejada desaparece, engolida por vários bichos esfomeados e saídos da imaginação. O melhor é que os pequenos alimentam-se, divertem-se, treinam artes dramáticas e ainda aprendem umas coisas novas sobre a natureza.

quarto-das-brincadeiras-logotipo