Atualidade

24 de Junho de 2014

Uma criança pediu à Google um dia de folga para o pai. A Google deu-lhe uma semana

24062014_manha_I

Katie é filha de um designer que trabalha para a Google e tinha um desejo: passar o aniversário do pai na sua companhia. Decidida a concretizar o objectivo, enviou uma carta ao gigante tecnológico, escrita à mão, a pedir que o pai tivesse direito a uma folga. E, para surpresa de muitos, provavelmente da própria, a resposta não tardou em chegar-lhe.

Rezava assim a carta de Katie, escrita a caneta de tinta azul e publicada nosite The Blaze: “Caro funcionário da Google, pode por favor assegurar que quando o meu pai for trabalhar ele tem direito a um dia de folga? Podia ser, por exemplo, na quarta-feira. Porque o meu pai só tem folgas ao sábado”. No final da missiva, a menina, cuja idade não foi avançada, fazia ainda duas advertências: “É o aniversário do pai” e, “caso não saibam, estamos no Verão”.

Não se sabe qual dos argumentos da menina terá pesado mais na decisão da empresa. Certo é que a Google, através de Daniel Shiplacoff, responsável pela secção de design e chefe do pai de Katie, respondeu a agradecer-lhe a “carta e o pedido” e elogiando o progenitor, que “trabalha arduamente a desenhar muitas coisas bonitas para a Google e para milhões de pessoas em todo o mundo”. E, por isso, em vez da folga no dia de anos, como pedia a menina, a empresa decidiu conceder-lhe “toda a primeira semana de Julho de férias”.

No final da carta, foi a vez do gigante tecnológico deixar um desejo à menina: “Diverte-te”.

Fonte | Público