Espaço Família | Como Cresceram

Atividades

23 de Abril de 2014

Tintas caseiras para pinturas no banho

Espuma de barbear, pincéis e corantes alimentares de várias cores. Aqui fica uma receita infalível de tintas para pinturas no banho. O pior vai ser convencê-los a sair da banheira.

A espuma de barbear do pai, mais os corantes alimentares da despensa da mãe e estão prontos os ingredientes necessários para fabricar tintas para o banho. Num daqueles tabuleiros de silicone para assar queques no forno deitam-se pequenas porções de espuma de barbear. A cada uma delas, juntam-se algumas gotas de corante alimentar de várias cores, em maior ou menor quantidade, consoante o tom que se deseje obter. Miúdos enfiados na banheira, um pincel para cada artista, e já está. É preciso apenas ter algumas pequenas atenções, desde logo lembrá-los que a espuma pode arder nos olhos. Há corantes que se agarram à pele e podem ser depois um pouco mais difíceis de remover, mas não é nada que água quente, esponja e gel de banho não resolvam. O mesmo problema se coloca em relação aos azulejos da parede: as tintas saem rapidamente deles, excepto da massa que os cola uns aos outros e à parede, mas, mesmo aí, nada de sustos, bastando insistir apenas um pouco mais com água quente e, se necessário, um pano com detergente. A animação deles e o resultado final, enquanto observam orgulhosos as suas obras de arte antes de as fazerem desaparecer com o chuveiro compensam largamente estes pequenos obstáculos. Experimentem e depois digam-nos como foi.

Idades:  3-5 anos, 6-8 anos

Informação adicional: 

Material necessário:

* Espuma de barbear

* Corantes alimentares de várias cores

* Tabuleiro de forno para queques

* Pinceis

quarto-das-brincadeiras-logotipo