Espaço Família | Como Cresceram

Saúde

13 de Fevereiro de 2015

Técnicas de escovagem dos dentes na infância

As crianças devem iniciar os seus hábitos de higiene oral desde muito cedo. Antes da escovagem dos dentes, é importante que os pais saibam que, mesmo que não existem dentes na boca, a cavidade oral deve ser higienizada. A mucosa (gengivas, bochechas e língua) acumula resíduos sempre que o bebé come e, por isso mesmo, esta deve ser limpa com uma compressa enrolada no dedo de um dos pais e passada em toda a mucosa da boca. A compressa pode ou não ser embebida em água.

Esta técnica é mais facilmente executada quando o bebé está ao colo dos pais ou inclinado, virado de barriga para cima e com a cabeça com uma ligeira elevação. Em alternativa, recomenda-se a utilização de uma dedeira de silicone (apenas embebida em água, sem pasta de dentes) que pode, para além de estimular a circulação sanguínea das gengivas, ser utilizada nos primeiros dentes.

5

 

Imagem retirada de: http://diegoleal.spaceblog.com.br/2170397/PROJETO-SAUDE-BUCAL-HIGIENE-BUCALDOS-BEBES/

A partir do momento em que a criança começa a ter dentes, é essencial que comecem a ser escovados, pois tornam-se superfícies retentivas para a alimentação que é ingerida.

A escovagem pode, inicialmente, ser feita pelos pais com uma dedeira ou com uma escova de criança com características específicas, designadamente a cabeça mais pequena e os pelos mais suaves do que a escova de um adulto.

Ainda numa fase inicial, a escovagem pode ser feita com a criança deitada de costas para um dos pais, ou sentada ao colo de costas para um dos pais, ou enquanto o outro escova. É essencial que os dentes sejam escovados desde que o primeiro dente aparece. A quantidade de pasta a utilizar deve ser aproximadamente do tamanho de uma ervilha para que, no caso da criança não conseguir cuspir na totalidade, a ingestão feita seja de uma quantidade mínima.

6

Imagem retirada de: http://alphamom.com/parenting/toddler-parenting/toddlertoothbrushing-wars-continued/

 

7

Imagem retirada de: http://www.abcdobebe.com/osprimeiros-dentes/dedeiras-de-silicone.html

8

Imagem retirada de: http://readysetgrowla.org/blog/2013/02/baby-teeth-to-brush-or-not-to-brush/

9

 

Imagem retirada de: http://abcd-dental.org/for-dentists/techniques/

A partir dos 6/7 anos, a criança poderá começar a ficar responsável pela sua escovagem, ainda que sejam os pais a escovar os dentes durante um período mais prolongado, no início ou no final da escovagem da criança. É essencial que a criança comece a responsabilizar-se pela sua própria higiene, apesar de ainda não ser capaz de a fazer completamente sozinha. Isto é, a criança pode e deve “brincar” com a escova, ainda que a escovagem não seja tão eficaz, dado que constitui um estímulo ao desenvolvimento da sua aptidão para escovar os dentes mais tarde, quando a destreza já for maior.

10

Imagem retirada de::http://drchaedentistry.com/2011/06/14/what-aresealants/

Será mais fácil implementar o hábito de escovagem se as crianças associarem este gesto a um momento divertido, o que poderá ser feito se, durante a escovagem, for cantada uma música ou feita uma coreografia, entre outras actividades que poderão ser associadas a este hábito.

Muitas vezes, o facto de a criança escovar os seus dentes ao mesmo tempo que os pais, constitui também uma boa opção, dado que a criança tem a sensação de estar a realizar a mesma atividade dos adultos.

O método de escovagem mais frequentemente indicado para crianças é o método de Fones, por ser muito fácil de executar. A escovagem é realizada com movimentos circulares, a abranger os dois maxilares em simultâneo, usando uma pressão muito suave.

11

Imagem retirada de: http://odontomaxima.blogspot.pt/2010/10/tecnica-deescovacao-de-fones.html

Qualquer que seja o método de escovagem, é essencial que a criança escove os dentes desde o seu primeiro dente erupcionado. A partir desse momento, os dentes devem ser escovados pelo menos duas vezes por dia e durante o período de 2 minutos.

logo

Crónica escrita por:

Dra. Carolina Pizarro (Higienista Oral)