Mães e Pais na 1ª Pessoa

Catarina Beato 

Dias de uma Princesa

[sobre o meu pai e sobre poupar]

O meu pai construía folhas-de-colagens-dos melhores-preços. Juntava todos os panfletos de publicidade e recortava o produto, o preço e o local onde naquela semana o podia comprar mais barato. E era esta folha que o acompanhava nas compras. O detergente da roupa era comprado no mini-mercado debaixo de casa, as bolachas no supermercado da outra rua e os iogurtes esperavam pelo dia de ir ao supermercado-grande.
Não tenho a capacidade de organização e método, nem a disciplina do meu pai mas, para além de tudo o resto e das saudades imensas, aprendi com ele a comparar preços. Nada se compra sem ver o preço noutro lado.
A estratégia pode permitir desde a poupança de uns cêntimos numa manteiga, a alguns euros num pacote de fraldas ou detergente, até centenas ou milhares de euros num eletrodomésticos, num carro ou numa casa. No ano passado, perante um recém nascido e chuva, comprei uma máquina de secar roupa: custo 190 euros no site da marca, custava 300 euros na loja onde a vi pela primeira vez). Até o mesmo carro tem preços diferentes até em stands da marca e a mesma casa pode variar se estiver em imobiliárias com diferentes comissões ou se a encontrarmos à venda pelo particular (estamos a falar de 10 mil euros numa casa de 200 mil euros).
E se nem todos temos tempo para fazer deliciosas folhas com recortes, podemos num determinado mês comprar o cabaz de consumo lá de casa em três locais diferentes (perto de casa, do emprego ou da escola dos putos, nada de deslocações para pagar menos, o preço do combustível e o tempo desperdiçado anulam imediatamente a poupança). Escreva o preço das coisas que costuma comprar e compare!
Outra sugestão: pesquise na internet. Há sites comparativos de preços (www.kantokusta.pt ou www.izideal.pt). Mesmo que não goste de comprar on-line passa a ter uma referência de preço. E pode negociar quando for à loja (sem medo nem vergonha porque depois vai saber bem o que consegue pagar a menos).
Se quiser tornar isto numa actividade de família ponha os putos a ver os talões e os panfletos, façam recortes e colagens, escrevam e pintem: construam uma folha-dos-preços que ficará em lugar de destaque na porta do frigorifico. E já agora fotografem porque eu gostava de ver.
DiasPrincesa1

http://diasdeumaprincesa.blogspot.pt/
https://www.facebook.com/DiasDeUmaPrincesa?fref=ts