Espaço Família | O nosso 1º Filho

Saúde

17 de Novembro de 2014

Síndrome Mãos-Pés-Boca

Esta doença, é mais frequente até aos 4 anos, mas pode atingir crianças maiores, adolescentes e adultos, sendo no entanto mais raro. A infeção é causada pelo Coxsackie A16 do grupo dos Enterovírus – trata-se, então, de uma virose.

1

Modo de Contágio e Período de Incubação

– Através do contacto direto, contacto com objetos contaminados (brinquedos com saliva) ou contacto com as mucosas infetadas (boca).

– O período de incubação mais frequente é de 3 a 5 dias (podendo ir até 1 semana)

– As crianças infetadas não devem frequentar o infantário durante 1 semana.

2

Quadro clínico

  • Febre, não muito alta
  • Irritabilidade
  • Perda de apetite
  • Recusa em comer (pelas lesões na boca)
  • Bolhas / úlceras / “aftas” na boca (“céu-da-boca”, língua, gengivas e zona à volta da boca)
  • Erupção cutânea (manchas /“pintas”/bolhas. Estas lesões são parecidas com a varicela, mas distinguem-se pela localização) nas mãos, pés, boca e zona genital
  • Pode existir comichão nas mãos e pés

Evolução da Doença

Os sintomas e sinais desta doença vão evoluindo ao longo de 3 a 4 dias e só cerca de 1 semana termina a doença, deixando a criança debilitada, como em todas as viroses. As crianças de infantário estão são mais suscetíveis à patologia (pela maior exposição e contacto mais próximo umas entre as outras).

3

Tratamento

  • Alimentação mole e sem ácidos, à temperatura ambiente ou mesmo fria (nunca insistir para comer).
  • A medicação é dirigida para os sintomas (para a febre e desconforto da criança) que inclui paracetamol (Ben-u-ron), ibuprofeno (Brufen)
  • Deve “lavar” as lesões com água morna salgada e eventualmente desinfetar com antisséptico, se existir infeção.
  • Para as “úlceras” da boca, pode aplicar-se roxo de genciana (não é consensual entre pediatras. Eu uso e tenho boa experiência) ou lidocaína (anestésico local) em gel ou spray para diminuir a dor.

As crianças que apresentem este quadro clínico devem ser observadas pelo seu médico assistente, para o diagnóstico e orientação terapêutica.

Dra. Paula Vara Luiz

Pediatra | O Blog da Tia Paula 

É Diretora clínica da Clínica Paula Vara Luiz, serviços médicos, situada na Travessa do Forno 7-B 2050-114 Aveiras de Cima. É Médica especialista em pediatriaTrabalhou na Maternidade Alfredo da Costa, no Hospital de Santa Maria, Hospital de Santa Marta, Hospital de Dona Estefânia, Hospital da Horta (Açores), no Hospital de Vila Franca de Xira e Centro Hospitalar do Oeste (Torres Vedras). Anteriormente foi responsável pela Rubrica de Pediatria, semanalmente, da Rádio Lezíria, em Vila Franca de Xira. É autora de artigos para a Revista ÚNICA do Jornal Expresso. Atualmente exerce só medicina privada. Possui um vasto curriculum, com vários prémios nacionais e internacionais, assim como distinções. Encontra-se já com uma longa carreira, o que lhe permite uma grande experiência na prática clínica aliada ao seu “senso clínico”, tornando-a uma pediatra de excelência nos nossos dias.