Mães e Pais na 1ª Pessoa

Catarina Beato 

Dias de uma Princesa

Sabemos aquilo que estamos a comer?

No dia da Liberdade fui às compras. O que é que uma coisa tem a ver com a outra? Primeiro que tudo sublinho que sou contra ir às compras nos dias feriados, mas a necessidade foi maior do que as minhas manias.

Agora explico: quando, no dia 25 de Abril, andava às voltas numa superfície comercial parei num lugar onde estava em promoção um “pão saudável de aveia”, mesmo ao lado estava a padaria.
Perante esta denominação as pessoas levavam vários pacotes de “pão saudável de aveia” comentando com a sua companhia de compras a sua escolha “tão positiva”.

E eu fiquei a pensar que a literacia é mesmo a maior garantia de liberdade. Saber ler e interpretar é aquilo que torna possível escolher. E apesar do dia apelar a valores mais altos, estava a pensar em literacia alimentar. Apenas isso: saber ler um rótulo. A esmagadora maioria das pessoas não sabe o que está a comprar. Exceção feita para o momento do talho e da peixaria, em que os hábitos e os ensinamentos das nossas mães e avós continuam a ser válidos e úteis.

Não querendo comparar com o interesse de uma ditadura, em que as pessoas não possam ler e consequentemente não possam informar-se e revoltar-se, quem vende também não tem interesse que exista a capacidade de perceber que num “pão saudável de aveia” existem 11 gramas de açúcar por cada 100 gramas. Apeteceu-me gritar: vão comprar broa de milho!

Sabemos o resultado de nos endividarmos com todo o tipo de créditos possíveis e imaginários por falta de literacia financeira, porque assinámos contratos sem saber o que era o spread e a taxa de juro. Mas não questionamos o que acontecerá, a longo prazo, por não sabermos ler a composição daquilo que comemos.

Experimentem ler os rótulos de todos os alimentos que comprarem na próxima vez que forem ao supermercado. Se não souberem o que são dois dos ingredientes não tragam. A sua saúde vai agradecer e a sua carteira também (na conta das compras e na conta do médico).

Blog | Dias de uma Princesa

© cybercook