Mães e Pais na 1ª Pessoa

Quero ter mais filhos!

Em miúda, sempre disse que queria ter 3 filhos, 2 deles gémeos. Sempre disse que a justificação para ter 3 filhos era simples: se fossem só 2, implicavam sempre um com o outro, e se fossem 3 podiam ir variando! Lá em casa éramos 3 e era assim que, apesar de minha grande diferença de idades para os meus irmãos, a coisa se ia processando! [Entretanto o “lá em casa éramos 3” passou a 4 mas como já não moro por lá, não notei a diferença!].

Não é segredo que penso nisso. Gostava mesmo de ter mais filhos, mas há uma, e apenas uma coisa que me assusta. O orçamento familiar. Ter filhos é caro! É certo que já tenho tudo o que é de base, quer para a versão de menino quer para a versão de menina, tenho carrinhos, cadeiras, ovos, espreguiçadeiras e toda aquela quantidade de artefactos e roupa necessários. Ainda assim, há creche, consumíveis, médicos e vacinas, etc.etc.etc.

Ontem, passei a manhã na medicina no trabalho. Da última vez que tinha lá estado, o prognóstico foi de que estava óptima, de muito boa saúde, com uns resultados de análises impecáveis e daí a 6 meses, pimba! Estava grávida! A médica fez uma piadinha com isso, quando me perguntou se tomava alguma medicação, lhe respondi que não, e ela perguntou com uma certa admiração: “nem a pílula?”, pois… nem a pílula! É um facto! Quem anda a chuva, molha-se,e sei que corro “o risco”.

A somar a isto, cheguei ao meu posto de trabalho, e tinha um email de uma amiga que dizia entre outras coisas:

“Olha, esqueci-me de te dizer… Há uma semana, +/-, sonhei contigo… que estavas grávida! :)))))) Vi a barriga e tudo. ;)”

Mau! Dois no mesmo dia!? Querem-me dizer alguma coisa? Eu sei que até estou em processo de aquisição de carro novo e tudo, e que irei [se tudo correr bem] ter um carro com mais espaço, mas também estou a começar a saborear a independência dos meus filhos, e a gostar! E muito sinceramente, começo a perceber o que oiço dizer a alguns amigos com filhos mais crescidos, de que não querem voltar a ficar “agarrados” a fraldas e papas! [Não obstante, ainda não consigo decidir em definitivo que não quero mesmo mais filhos!]

[Só para recordar, fui aos arquivos! E agora? Quem adivinha quem é quem?]

 

Blog | Definitivamente São Dois!