Espaço Família | Como Cresceram

Saúde

1 de Dezembro de 2014

Quedas e Traumatismo Craniano

Uma alta percentagem de mortes em pediatra deve-se a lesões resultantes de Traumatismos Cranianos. Estas lesões também podem levar a alterações do desenvolvimento psico-motor deixando-as, muitas vezes, com incapacidades, quer físicas, quer cognitivas. Felizmente, a maioria dos traumatismos são leves e transitórios. Já diz o ditado: “Ao menino e ao borracho põe Deus a mão por baixo…”. A maioria das crianças não necessita de ser observada por um médico. Deve sim, ser vigiada durante, pelo menos, 24h. Assim sendo, o que é um Traumatismo Craniano? Como agir? Quando levar ao hospital?

O que é um Traumatismo Craniano?

Constitui uma lesão na cabeça, resultante de uma contusão (pancada) direta ou indireta. Pode ser Leve, Moderada ou Grave.

Como agir?

Após um Traumatismo Craniano, é normal existirem 1 ou 2 episódios de Vómitos, Dores de Cabeça (ligeira), Sonolência (ligeira). Estes sintomas e sinais, se tiverem estas características, não são de valorizar.

Avaliar de imediato, a criança no seu todo (se chora, se está queixosa, demasiado sonolenta), de seguida observar a lesão (hematoma/”galo”) e finalmente colocar gelo (existem atualmente à venda uns “sacos” que se colocam no congelador e são mais macios, mas o saco de ervilhas congeladas, continua a fazer o mesmo efeito).

Vigiar a criança durante 24h/48h (comportamento, sono, disposição da criança).

Não forçar a criança a comer. Oferecer pequenas quantidades de comida do agrado da criança, mais frequentemente.

Quando recorrer ao Serviço de Urgência do hospital?

– Vómitos repetidos e persistentes.

– Dores de cabeça intensas.

– Sonolência extrema.

– Irritabilidade exagerada/confusão.

– Alterações do comportamento habitual.

– Alterações da marcha, equilíbrio, da visão.

– Convulsões (“ataques”, “revirar os olhos”, “espumar da boca”).

Dra. Paula Vara Luiz

Pediatra | O Blog da Tia Paula 

É Diretora clínica da Clínica Paula Vara Luiz, serviços médicos, situada na Travessa do Forno 7-B 2050-114 Aveiras de Cima. É Médica especialista em pediatriaTrabalhou na Maternidade Alfredo da Costa, no Hospital de Santa Maria, Hospital de Santa Marta, Hospital de Dona Estefânia, Hospital da Horta (Açores), no Hospital de Vila Franca de Xira e Centro Hospitalar do Oeste (Torres Vedras). Anteriormente foi responsável pela Rubrica de Pediatria, semanalmente, da Rádio Lezíria, em Vila Franca de Xira. É autora de artigos para a Revista ÚNICA do Jornal Expresso. Atualmente exerce só medicina privada. Possui um vasto curriculum, com vários prémios nacionais e internacionais, assim como distinções. Encontra-se já com uma longa carreira, o que lhe permite uma grande experiência na prática clínica aliada ao seu “senso clínico”, tornando-a uma pediatra de excelência nos nossos dias.