Atualidade

8 de Julho de 2014

Preocupação com peso começa muito cedo

É uma chamada de atenção para os pais: os sinais de infelicidade associados ao peso corporal podem surgir muito cedo, por volta dos oito anos, de acordo com um estudo levado a cabo por investigadores da Universidade de Camberra, na Austrália. Defendem, por isso, que os progenitores devem prestar mais atenção aos hábitos alimentares das crianças e aos comentários que fazem sobre a imagem física quando estão na presença dos filhos.

A investigação analisou as respostas de mais de quatro mil menores inquiridos acerca da perceção do seu corpo e satisfação com o mesmo. As mães forneceram informações sobre os hábitos alimentares dos filhos e as suas preocupações.  Os resultados mostram que pelo menos dois em cada cinco crianças entre os oito e os 11 anos queriam ser mais magras e que, aos 10-11 anos, a maioria mostrava preocupações em controlar o peso. Entre as crianças com baixo peso, 16 por cento das meninas e 11 por cento dos rapazes ansiavam ser ainda mais magros.

“É frequente  os adultos falarem de dietas, de peso, de alimentos bons e maus… A sociedade está constantemente a falar sobre a imagem corporal e as crianças podem ser muito perspicazes e nem sempre interpretam as coisas como pretendemos”, alertou Vivienne Lewis, professora de psicologia da Universidade de Camberra.

Fonte | Pais&Filhos