Espaço Família | Como Cresceram

Atividades

9 de Abril de 2014

Porquê e como ensinar Ciência às crianças

Os desenvolvimentos alcançados pela ciência têm um papel fundamental na nossa forma de vida actual e esta influência tende a aumentar de dia para dia.

Investir em educação científica desde a infância, é a peça chave para a construção de uma sociedade democrática, economicamente produtiva, mais humana e sustentável.

A palavra ciência está relacionada com a compreensão das coisas e da razão pela qual elas se comportam de determinada forma. Assim, ao ensinar ciência às crianças estamos a ajudar a analisar e compreender um conjunto de situações que ocorrem no seu quotidiano e a conhecer o mundo à sua volta.

Sabendo que as crianças pequenas aprendem sobretudo pela acção, é necessário um envolvimento activo a nível psicomotor, cognitivo e afectivo para se atingir níveis elevados de implicação e empenho nas actividades de ciências.

O ensino das ciências, promove uma aprendizagem centrada na acção e na reflexão sobre a própria acção.

As actividades cientificas realizadas a partir do jardim de infância constituem um contexto privilegiado para a utilização de diversos procedimentos e capacidades (observar, registar, medir, comparar, contar, descrever, interpretar) que não são exclusivos da ciência, existindo por isso, uma forte conexão com outras áreas curriculares, nomeadamente com a matemática (a compreensão dos números, das ordens de grandeza, dos processos de medição) e com a língua materna, desenvolvendo-se competências comunicativas em que o vocabulário aumenta, pois as crianças são estimuladas a falar, comunicar resultados, descrever e interpretar o que observam. Desenvolvem-se também atitudes e valores.

Na Nutricientistas, ao introduzir temas da ciência com base em contos tradicionais ou outras histórias para crianças, as questões de investigação e as situações de ensino/aprendizagem experimental aparecem na sequência de dúvidas ou problemas levantados aquando da leitura de uma história. Tal envolve a escolha de contos adequados e a análise destes para identificação de questões e situações que possam ser desenvolvidas nas várias áreas de aprendizagem.

Para as crianças de níveis etários mais baixos, abordar o ensino experimental através de histórias, tradicionais ou outras, é uma das formas mais fáceis de envolver as crianças, despertar o seu interesse e facilitar a compreensão da Ciência.

Sendo essencialmente uma actividade que envolve trabalho em grupo as crianças desenvolverão atitudes como respeitar a vez, respeitar a opinião dos outros, exprimir a sua opinião e cooperar com o grupo.

Para que a criança esteja motivada para resolver um problema, é necessário que esse problema tenha significado para ela e ela tenha estado de certa forma envolvida no seu desenvolvimento.

O estudo da ciência deve ser um ensino baseado na pesquisa, ou seja a descoberta pelas crianças de algo através das suas próprias acções e sistematização das observações através do pensamento. Assim, a criança vai aprender através da sua actividade física e mental.

barrigas-de-amor