Mães e Pais na 1ª Pessoa

Joana Gama e Joana Paixão Brás  

A Mãe é que Sabe

Perdoe-me senhor, pois julguei.

Vi, há uns tempos e já não sei onde, um comentário de uma mãe num grupo qualquer que dizia qualquer coisa como isto (já agora vou divertir-me a inventar o “comentário”):

“Aiiiii estou-me a passar!!!!!! Eu amo a minha filha, adoro ouvi-la chamar-me, adoro, mas cansada!! Ela não me deixa fazer nada. Se não está ao pé de mim, esperneia, se está ao pé de mim, esperneia e é sempre mamã para tudo, nem me consigo despedir dela sem que ela faça um chiqueiro.”

É mais ou menos esta a fase em que se está cá em casa. Qual mais ou menos haha É mesmo esta a fase. Confesso que, quando li “aquele” comentário pensei: que ingrata do caraças, então a filha ama-te a esse ponto, precisa de ti e vens para aqui queixar-te?

Ui. E muito bem fez ela. Eu adoro ouvir a minha filha a chamar por mim, mas como estou em casa com ela, os últimos dias têm sido ainda mais cansativos por causa disto . “Mamã, mamã, mamãaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!”, “Mamiiii, Mamiiiiiiiii, Mamiiiiiiii”.

Vou tomar banho e é um chavascal (mas tenho tomado na mesma, juro), vou à bomba de gasolina… vou… Aliás, basta “ir”. Até ir à cozinha.

É muito giro, mas quando já passou.

Já interrompi 12 vezes a escrita deste post. É tão querida, a SACANA!!!!!!

(tem 13 meses)

Blog | A Mãe é que Sabe 

 

joana pombares e irene_com nome joana_br_s_e_isabel_com_nome