Atualidade

5 de Setembro de 2014

Passar menos tempo sentado previne o envelhecimento

Passar mais tempo em pé pode ser mais importante do que praticar exercício físico. Um estudo de uma equipa de investigadores da Suécia descobriu que passar menos tempo sentado é um dos segredos para prevenir o envelhecimento.

No estudo publicado no British Journal of Sport Medicine, Mai-Lis Hellenius, líder da investigação do Hospital Universitário de Karolinska, e a sua equipa concluíram que quanto menor for o tempo sentado, maior o crescimento dos telómeros nas células sanguíneas em indivíduos sendentários.

Os telómeros são uma espécie de capa protetora que protege os cromossomas para que permaneçam estáveis, à semelhança do que acontece com a fita na ponta dos atacadores. À medida que telómeros ficam mais pequenos e que a sua estrutura enfraquece, as células envelhecem e morrem mais facilmente.

Durante seis meses, 49 indivíduos sedentários, na casa dos 68 anos de idade, foram divididos em dois grupos: um aumentou a atividade física e reduziu o tempo sentado, o outro apenas reduziu o tempo que passava sentado.

O comprimento dos telómeros dos participantes foi medido através de amostras de sangue, retiradas no início do estudo e no final, com seis meses de distância.Os investigadores puderam assim verificar que os que os telómeros tinham aumentado em ambos os grupos, sugerindo que não há uma relação direta entre o exerício físico e o comprimento dos telómeros.

Clique AQUI para consultar o estudo (em inglês).

Fonte | Boas Notícias