Atualidade

17 de Março de 2014

Pagamentos para doação de óvulos e esperma vão aumentar

Mulheres acima dos 40 anos procuram cada vez mais tratamentos com óvulos. A lista de espera espera nos privados é de três meses.

O Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida (CNPMA) vai rever os valores das compensações dadas aos dadores de óvulos e de esperma com o objetivo de os aumentar, embora não se saiba para quanto. Até agora, as mulheres recebiam pela doação de óvulos 628,83 euros, enquanto os homens 41,90 pelo esperma.O tratamento com recurso a material doado está a crescer, de tal forma que, em alguns centros, é da ordem dos 30%, sobretudo devido a mulheres que querem engravidar entre os 40 e os 44 anos. Há centros privados que já têm listas de espera de três meses. A maioria dos dadores são estudantes universitários, mas também há pessoas com empregos estáveis e com filhos.A revisão do pagamento ou da compensação (como preferem chamar os especialistas) deverá acontecer em junho, confirmou ao DN Eurico Reis, presidente do Conselho Nacional da Procriação Medicamente Assistida (CNPMA).

Fonte: Diário de Notícias