Espaço Família | Vem aí um irmão

Saude

21 de Abril de 2013

Ortoptista… que significa esta palavra difícil?

Hoje a M. à saída da escola: “ os ortoptistas sabem muitas coisas sobre os olhos…”. Corei! “ o que um ortoptista?” perguntei eu a disfarçar a vergonha. “ É o senhor que nos diz se vemos bem, mãe!”. Percebi então que realizaram um rastreio de visão na escola!

 

O Ortoptista é um Técnico de Diagnóstico e Terâpeutica que, no meio hospitalar ou não, constituí com os médicos oftalmologistas e enfermeiros uma equipa multidisciplinar com o intuito de identificar, quantificar e qualificar anomalias da visão e distúrbios associados.

O Ortoptista tem um papel fundamental na prevenção da saúde da visão participando ao nível dos cuidados de saúde da visão, ao nível dos cuidados primários e em programas de rastreio, com o intuito de sensibilizar, esclarecer e aconselhar o doente e/ou a sua família contribuindo na educação para a saúde das populações.

Através de uma análise rigorosa e técnicas e metodologias apropriadas, define e aplica planos terapêuticos com vista à reabilitação motora e funcional  da visão do paciente, tendo sempre presente o tipo de desequilíbrio e outras condições do indivíduo. É ainda responsável pelo acompanhamento dos casos, decidindo a continuidade, alteração e interrupção das medidas terapêuticas implementadas.

Assim, programa, aplica e avalia as técnicas inerentes ao diagnóstico e tratamento ortóptico e investiga e diferencia o diagnóstico de: ambliopia,anomali as de fixação, heteroforia concomitante, heterotropia concomitante (estrabismo), pseudo-estrabismo, defeitos da acomodação/convergência, problemas ortópticos associados com unilateral e bilateral afaquia, problemas ortópticos associados com anisometropia. Programa também o tratamento da correcção óptica, oclusão, prismas, tratamento ortóptico pré e pós-operatório de diferentes situações clínicas.

Adaptados à realidade presente, os ortoptistas de hoje, embora mantendo um importante papel no diagnóstico e na terapêutica do estrabismo – ainda a sua área nobre de actuação -, colaboram e actuam no âmbito das diferentes áreas e especialidades complementares da oftalmologia moderna:
– Ortóptica
– Análise das Fibras Nervosas
– Angiografia
– Baixa Visão
– Biometria
– Campimetria
– Contactologia
– Ecografia
– Electrofisiologia
– Fotografia de aspectos oculares externos
– Instrumentação Cirúrgica
– Microscopia Especular da Córnea
– Optical Coherence Tomography
– Optometria
– Paquimetria
– Queratometria
– Retinografia
– Tonometria
– Topografia Corneana
– Visão Cromática

Sara Lages
Margarida Valente
Ortoptistas
Clínica Pequenos Grandes Doutores