Mães e Pais na 1ª Pessoa

Filipa Oliveira 

Mini Feijão

O dia em que ganhaste asas de novo

Há aqueles momentos chave na relação com o nosso bebé. O dia em que nos sorri pela primeira vez, em que solta a primeira gargalhada, em que se senta, rebola ou gatinha. No nosso caso o dia em que surpreendentemente aparece atrás de mim na cozinha arrastando-se pelo chão. O dia em que deu o primeiro passo pela minha mão. Ou o dia em que finalmente se soltou e desatou a correr às gargalhadas pelo jardim, numa primeira noção de liberdade adquirida. E desde aí nunca mais parou. Uma conquista atrás da outra, cada vez mais crescida, mais menina e menos bebé. O dia em que a deixei na escola pela primeira vez, com um aperto no coração e lágrimas nos olhos até que ela começou a ir feliz despedindo-se com um beijo e um até logo, sabendo que eu volto sempre mais tarde. O dia em que fez dois anos, depois quando começou a falar cada vez mais e a ser capaz de manter uma pequena conversa. Quando deixou as fraldas [há tão pouco tempo] pedindo sempre para ir à casa-de-banho ou ainda mais do que isso indo sozinha e chamando-me com um “já está mamã”.

Hoje foi dia de mais uma conquista. Como todas as outras deixou-me tão feliz por ver a imensa felicidade dela com o atingir de mais uma etapa importante. Hoje largou-me a mão na piscina, agarrou-se a uma bóia e desatou a nadar sozinha :) e não quis mais ajudas desde esse momento. Batia as pernas feliz, ria-se, engolia uns pirolitos, mas continuava a nadar de um lado para o outro :) a minha bebé menina, tão crescida! :)

Fica inevitavelmente o saudosismo por vê-la a deixar de ser bebé, ao mesmo tempo que fica o orgulho por senti-la tão feliz por conseguir chegar lá.

Blog Mini Feijão