Mães e Pais na 1ª Pessoa

Catarina Beato 

Dias de uma Princesa

meu colo, minha mãe

Gosto do dia do teu aniversário. sempre gostei. porque é o teu dia. porque era sinal que faltavam poucos dias para o meu. depois passou a ser a minha última memória feliz.tenho um orgulho desmedido na mulher que és. mesmo nos momentos em que choras e que fico muito zangada, não porque choras mas porque nunca consegui evitar que chorasses. escrevo muitas vezes sobre as saudades que tenho do pai. não escrevo sobre as vezes em que o odiei porque te fazia chorar. não escrevo esta minha ansiedade de te proteger. não escrevo sobre esta minha vontade que sejas sempre feliz. não escrevo sobre o medo que tenho de ficar sem ti. mas sabes que é apenas por isso que me zango quando não tomas conta de ti.porque não posso ficar sem ti. escrevo muito pouco sobre aquilo que és na minha vida porque existes todos os dias.

amo-te. és o meu colo, esse lugar no teu peito onde me encosto e descanso.