Atualidade

28 de Abril de 2014

Mais de 22 milhões de crianças sem vacinas

Mais de 22 milhões de crianças no mundo, cerca de uma em cada cinco, estão por receber vacinas contra doenças básicas, alertou a OMS (Organização Mundial da Saúde), a propósito da Semana Mundial da Vacinação.

Sob o lema «Imunização para um futuro saudável. Saber, verificar, proteger», a OMS apela às pessoas que saibam mais sobre as vacinas necessárias, verifiquem se a imunização está atualizada e procurem os serviços de vacinação para proteger todos os familiares.

A OMS explicou que em 2012, 22,6 milhões de crianças (cerca de um quinto do total) ainda não estavam imunizadas com vacinas básicas. Mais de 70 por cento dessas crianças vivem em dez países: República Democrática do Congo, Etiópia, Índia, Indonésia, Iraque, Nigéria, Paquistão, Filipinas, Uganda e África do Sul.

Segundo as estimativas da agência da ONU para a saúde, cerca de 1,5 milhões de crianças morrem anualmente por doenças que poderiam ser prevenidas com vacinas recomendadas pela organização. Isso significa que quase 17 por cento dos 8,8 milhões de mortes anuais de crianças com menos de cinco anos poderiam ser evitadas com vacinas.

Fonte: Pais&Filhos