Atualidade

10 de Julho de 2015

Mães há muitas

Procura-se creche, boa e barata.

O nosso cliente é uma prestigiada Mãe, de nacionalidade portuguesa, a actuar no mercado da maternidade há mais de dois anos, encontrando-se neste momento a recrutar: Creche (IPSS/Privada), Lisboa

A reportar à Mãe, a instituição será responsável por tomar conta da sua filha de 2 anos e 4 meses (à data de entrada em Setembro) tendo como principais funções:

– Tomar conta da filha da Mãe com muito amor, carinho e atenção. Assegurar a sua segurança física e emocional, ajudá-la a integrar-se no ambiente e rotina das actividades da creche e a sociabilizar com as outras crianças. Deve ainda dar-lhe beijinhos quando fizer um dói-dói, ela gosta. Deve deixá-la fazer coisas sozinha, ela insiste. Deve explicar-lhe os “nãos”, ela já percebe.

– Manter a filha da Mãe livre de todo e qualquer perigo durante o período de permanência na instituição. Entenda-se por perigo: janelas abertas, escadas, empecilhos que se encontrem no caminho e possam originar quedas, dentadas de crianças ou até de algum cão que entre à socapa pela creche adentro e, por azar, deixe pulgas a brincar no recreio. No que respeita a animais, há que ter atenção aos mosquitos, no Verão, e aos piolhos, em Setembro. Inclui-se ainda na definição de perigo: meninos que empurrem, mordam, gritem, gozem ou chateiem a filha da Mãe, não escapando deste grupo as educadoras, auxiliares ou pais de outras crianças, que devem antes estar de olhos bem abertos para as doenças que pulam de criança em criança e aos beijos babados na boca uns dos outros, e às mãos – essas mãozinhas sapudas e nem sempre de unhas cortadas – que vão do puré até à boca, sem passar pela colher, mas acertando nos cabelos antes de voltarem a descer à bochecha do puto sentado ao lado; mãos que seguem a limpar à fralda, depois ao copo de água, depois ao olho que tem comichão, e por fim, retornam ao puré e recomeça a festa. De qualquer forma, a filha da Mãe será entregue desparasitada e com as vacinas em dia.

A creche candidata deverá ainda preencher os seguintes requisitos:

– Funcionar após as 18h. A nossa cliente Mãe apenas sai do emprego às 18h30, nos dias bons, conseguindo chegar à creche às 19h, igualmente nos dias bons, leia-se, dias em que não apanhe trânsito na A5, não chova, nem haja qualquer jogo de futebol importante ou alguma personalidade a ser transportada para o Panteão Nacional.

– Tendo em conta o requisito anterior, não cobrar horas extra (após as 18h e até à hora de fecho), uma vez que a Mãe se predispõe a deixar uma boa parte do ordenado na mensalidade da creche, nas visitas e passeios, nas actividades pedagógicas, no material didáctico que irá, com toda a certeza, implicar a aquisição de toneladas de cartolina em múltiplas cores, durante todo o ano.

– Actuar na área de residência da Mãe, de forma a permitir a qualidade de vida da Mãe, do Pai, da filha e dos avós que a irão buscar à creche, não os obrigando a atravessar a cidade nem darem dezenas de voltas ao quarteirão até estacionarem em segunda fila e arriscarem-se a ser multados duplamente (pela PSP e pela creche).

– Ser uma IPSS será factor preferencial porque a vida da Mãe e do país onde esta actua é hoje assim e amanhã será assado. A Mãe não gosta de recorrer a créditos nem a fiados e, garantidamente, não quer pôr a filha numa creche de 500 euros por mês e, se fosse fácil e existissem muitas, baratas e boas, a Mãe não estaria a colocar este anúncio de recrutamento no jornal.

A nossa Oferta:

– A nossa cliente é uma Mãe responsável, credível e de fácil relacionamento, embora as opiniões sejam de quem as tem, e cuja filha é só a pessoa mais importante da sua vida. A Mãe compromete-se a cumprir o regulamento da Creche, pagar a mensalidade a horas, ir às reuniões de pais, assistir na primeira fila às festas escolares e ainda a fazer os trabalhos manuais que a filha levar para casa, salvaguardando, desde já, que a Mãe não tem perfil e nunca teve jeito algum para coser, colar ou pintar (não querendo com isso, deixar a sua filha envergonhada diante dos outros miúdos de 2 anos). A nossa Mãe oferece ainda contrato de um ano, renovável em função do grau de satisfação. É também garantido que a Mãe irá apresentar a filha, todos os dias, de banho tomado e bibe lavado, e na maior parte destes dias, com um sorriso na cara pois é assim que a miúda acorda. Por isso, é condição obrigatória, entenda-se eliminatória com efeitos imediatos, que a Creche, ao final do dia, devolva a miúda igualmente sorridente.

Caso reúna todos os requisitos acima, agradecemos o envio da sua candidatura para maeprocuracrecheboaebarata@hotmail.com até 31 de Agosto de 2015.

Fonte:  Público