Mães e Pais na 1ª Pessoa

História Horripilante

Há bebés que choram com cólicas para desespero dos pais. Eu não sei o que é isso. Juro. Os meus três filhos nunca choraram com cólicas. Parece incrível mas é verdade.
Bom, não me invejem por isso. Todos são diferentes e os meus choravam com birras de sono. A mais velha tinha horas certas para se deitar. Caso isso não acontecesse, já sabíamos, íamos ter birra de sono!
Sempre que as rotinas se alteravam, se saiamos mais tempo, o dia acabava com uma birra. Até adormecer. De cansaço.
Os mais novos foram bastante mais fáceis. Ainda assim, as horas de dormir têm de ser respeitadas.
Ontem foi um dia intenso. Desfile de Carnaval com a escola. O dia inteiro a brincar mascarados. Aniversário da avó. Brincadeiras com os primos depois da escola. À hora de jantar já estavam todos derreados. Olhos vermelhos, deitados nos sofás. Primos abraçados. Saímos às nove e meia, pouco mais tarde que a hora normal de dormir, entre as oito e meia e as nove.

A chegada a casa foi um festival. Trocar de roupa para vestir o pijama, uma aventura. Choro. Doíam os pés. Muito choro. Muitos mimos, muitas festinhas. Muitas massagens nos pés. Muito choro. Doíam muito. Pois, eu sei. São dores de crescimento, eu sei. Estás a crescer muito. Tomou paracetamol. Deitei-me com ele. Sempre a massajar os pés. Ele chorava. Eu no escuro comecei a contar uma história. Uma derivação do capuchinho vermelho inventada na hora. Muito choro.
– Mamã, pára de contar essa história HORRIPILANTE! Mais choro.
Foi assim até adormecer. De cansaço.
Os mais velhos vieram ver o bicho. Estaria mesmo a dormir?
– Mamã, história HORRIPILANTE?
E muitas gargalhadas! Não sei mesmo onde foi buscar a história HORRIPILANTE mas no meio da birra de sono e dores de crescimento, foi o que saiu.

Moral da História: Nunca invejem alguém por ter algo que querem (ou não ter algo que não querem), nem imaginam o que também possa estar no pacote.

Blog | Vida de Mulher aos 40