Mães e Pais na 1ª Pessoa

Doce fresco de frutos do bosque

Ontem fomos almoçar a casa de uns amigos à Ericeira. O almoço foi um churrasco, e apenas tive autorização para levar uma sobremesa. Toda a gente sabe que sou uma gulosa de primeira! No Inverno delicio-me a fazer bolos. No Verão aposto mais nos doces de colher, frescos de preferencia! Costumo fazer muito esta receita, embora com uma pequena variação que já explico mais abaixo. Faz-se muito depressa, sai sempre bem, e sabe ainda melhor!

Bater 2 pacotes de natas com 3 colheres de sopa de açúcar, até montar em chantilly

1

Colocar no copo da varinha mágica, o conteúdo de uma embalagem de frutos do bosque congelados (guardar alguns para a decoração)

2

Triturar os frutos do bosque

3

Dispor numa taça suspiros pequenos. Se forem grandes partir em pedaços para deixar misturar melhor os restantes ingredientes. (E é aqui que vem a variação! Quem foi às compras foi o marido, e em vez de suspiros trouxe isto – Beijinhos de Pombal. Confesso que não conhecia… Parecem cavacas em miniatura, e funcionam muito bem na mesma!)

4

Cobrir os suspiros, ou neste caso os beijinhos, com o puré de frutos vermelhos
Deitar as natas batidas por cima e decorar com frutos vermelhos a gosto.

Deve conservar-se no frigorifico e tirar apenas na hora de servir.

Nota: Uma outra alternativa aos suspiros são palitos la reine. E aqui, podem ainda trocar os frutos do bosque por ananás de conserva cortado aos pedaços e usar o líquido também.
Nota 2: numa versão mais saudável, em vez de chantily podem usar iogurte grego natural. Resulta muito bem e é aceite por quem esteja em regime alimentar.
Blog | Definitivamente são dois