Espaço Família | O nosso 1º Filho

Saúde

13 de Fevereiro de 2015

Dentes de Leite: Como e para quê tratar?

Os dentes de leite são de extrema importância, apesar de ainda haver a ideia contrária. E porquê? Quando o bebé está na barriga da mãe, os dentes de leite já estão em formação, apesar de só surgirem na cavidade oral a partir dos 6 meses, após o nascimento.

Esses dentes decíduos permanecem na boca até aos 6 anos, quando começam a ser substituídos pelos dentes definitivos, surgindo a denominada dentição mista. Este espaço temporal de mudança de dentição, prolonga-se até cerca dos 13 anos.

1

chadeisebastos.com.br

Ao longo da vida, independentemente da idade, os dentes são essenciais para a alimentação, para a fonação (colaborando nos movimentos da boca e da língua que existem ao falar), para a socialização, para estimular o crescimento do osso dos maxilares, servir de guia e mantenedor de espaço para os dentes permanentes.

23

 

É importante ter presente que os dentes de leite podem causar dores tal como os permanentes. A cárie dentária, um dos principais problemas dentários que surge nas crianças, é transmissível e contagiosa o que significa que um dente com patologia, facilmente pode transmitir o problema para outro dente, aumentando os focos de problemas. Deve-se evitar que a criança sinta dor, e por isso, deve visitar o Médico Dentista regularmente para que a sua primeira experiência não seja traumática nem esteja associada a dor. Ir ao consultório, deve ser um hábito criado precocemente na criança, com o intuito de privilegiar o tratamento preventivo, sendo estimulado e valorizado os bons hábitos de higiene dentária.

4

Em suma, as crianças devem ter os mesmos cuidados com os dentes de leite que têm com os dentes permanentes. O bem-estar e manutenção destes últimos está intimamente relacionado com os cuidados existentes com os dentes decíduos.

“A infância é o período de construção de hábitos e valores (…)”

logo

Crónica escrita por:

Dr. Sérgio Mascarenhas (Médico Dentista)