Mães e Pais na 1ª Pessoa

Rita Mendes 

Barriga Mendinha

De volta à estrada… Com o coração na boca e o mix nas mãos ;)

covilhã

Voltar a estrada é assim…. Emocionante. No fundo… é a minha área. Por isso é um “back to bussiness”

Mas também um misto de pica profissional e remorso familiar.

Uma espécie de realização por ter o meu público de braços no ar mas também o coração pequenino por ter que deixar os meus pirralhos, o espaço de uma tarde (viagem), uma noite (da atuação), uma manhã (porque tenho obviamente que dormir) e outra tarde de novo (a  viagem de volta). Isto quando não é um fim de semana!!…

O que era tão “chapa 5” antes, tão natural na minha vida., tão bem encaixado na minha rotina de anos de carreira de dj e artista (porque mesmo antes, em reportagem, sempre viajei imenso)…agora… deixa-me o coração pequenino e numa ambiguidade tremenda.

PA043168
Adoro tocar, adoro a sensação de por as pessoas a dançar, gosto do risco do “live”, do aprumo técnico, da leitura da casa onde estou, do público. Gosto de conhecer pessoas novas, que me apreciam, com quem troco experiências e ideias. Gosto de música e de oferecer sons diferentes do que as pessoas estão habituadas. Gosto até de “papar” quilómetros umas vezes a conduzir, outras no conforto de uma comboio, quando estou mais cansada. Mas agora que tenho as minhas crias longe de mim quando viajo em trabalho.. ai meu Deus… sinto-me incompleta e… sempre preocupada.

Juro que tento afastar essa onda de mamã galinha mas é tão dificil. Ainda esta 5a feira quando me preparava , no hotel para a minha atuação da noite, apercebi-me que já não o fazia com o mesmo entusiasmo de antes.  (ainda por cima a Matita estava com febre ;( )

É que esse, sempre foi um momento fútil e agradável de mulher que apreciei.. LOL: Maquilhar-me, pôr a roupinha pipi, olhar e “reolhar” para o espelho, sentir-me a preparar-me para ser a “rainha da noite” ehehhe. Ah.. e usufruir do Hotel (normalmente são giros) num momento só meu. Sempre usei e abusei desses momentos anteriores ao Gig da noite.

Mas esta semana… senti-me diferente. Já aquando do meu ” recomeço de estrada” depois de ter o Afonso me senti um pouco assim, mas agora, no 2º round, acho que é diferente, mais intenso ainda… ai… vida, porque tens que ser sempre feita de escolhas???

Ah…. além de que, vocês nem imaginam o que é deitar-me as 7 da manhã…. e 24 horas depois estar na rotina habitual de Mamã que acorda as 7 ou 8 da matina … Ui, e os 30´s também não ajudam. Demoro muito mais a recuperar.

andromeda Rita M9

E agora…. como raio vou eu fazer o trabalhinho de Verão, que está aí à porta? ( sim porque os trabalhos em Lisboa são muito mais raros, as tornées são o pão nosso de cada dia, já que cada terrinha do país tem uma festa no Verão e cada vez há mais bares e discotecas… mesmo em momento de crise..)…Bem, como o vou fazer?… Com o coração na boca e a mesa de mistura nas mãos,,, certo? Lá terá que ser.

Há coisas piores… ( olha eu a convencer-me). Ao menos tenho trabalho, adoro fazê-lo e sei que os meus bebés estão bem acompanhados na minha ausência…

Beijinho e… já agora… oiçam muita música!!! Essa sim, é o antídoto para tudo! ( Sim, porque acreditem que as 3 horas que estou na cabine no meio do meu gig, só ela é o meu foco e me serve alegria…)

Blog Barriga Mendinha