Mães e pais na 1ª pessoa

29 de Maio de 2013

Da Tv…

m2

Hoje ligaram-me da Zon a oferecerem-nos um serviço de Internet+telefone+tv (4canais) por um valor simpático.

 

E diz ele:

– ‘Temos os canais de filmes, de desenhos animados…. Tem filhos?’

– ‘Sim, tenho’.

– ‘Pode aderir e ter canais de desenhos animados xpto’.

– ‘Entendo. E diga-me, plano sem tv, têm?’

O senhor fez um silêncio grande e perguntou

-‘Mas não vê tv?’

– ‘Não’.-

Silêncio, de novo…

-‘Nem os 4 canais, nem os serviços informativos?’

-‘Não’.

– ‘Pois… se calhar está melhor assim’.

 

E eu dei por mim a pensar que, de facto, estou! Ora pensa comigo: não é que escolho as notícias que quero ler nos jornais digitais, vejo os filmes e as séries que me apetecem (e poucas) e tenho muito mais tempo para outras coisas, como ler, escrever no blogue, namorar e brincar?

 

Não ver TV (leia-se os canais de televisão – porque vejo filmes e séries) não foi uma decisão que tomei. Foi acontecendo. Nunca tívemos TV por cabo e na outra casa onde estávamos o consumo já era pouco. Quando viemos para esta, colocámos uma parabólica mas mesmo assim não foi o suficiente para nos fazer ver mais TV. E um dia, depois de uma brutal tempestada em que tua ficou desconectado, desligámos tudo.

Ainda assim tenho a certeza que se tivesse um serviço de cabo seria consumidora. Porquê? Primeiro porque quando vou para fora em trabalho, fico deliciada com a fox e canais do tipo. Depois, porque se pagasse pelo serviço ia querer consumir. E depois, porque eu sei que me vicio facilmente numa série. Tendo essa noção, decidimos não aderir a nada… E sinto-me muito feliz por isto porque evito poluíções extras e invisto o meu tempo em coisas que gosto mais.

 

Á pergunta ‘mas não sabes o que se passa no mundo’ e à ‘andas a perder programas espectaculares’, respondo ‘enquanto eu souber que continuamos a usar o Euro e enquanto tiver acesso a jornais e a pessoas, estou informada’. E depois, os programas podem ser interessantes para ti e menos para mim, certo?’ Não me faz falta nenhuma… E tenho a certeza que cá em casa somos bem mais felizes assim 😉

 

E tu, sentes-te tentada em reduzir o consumo de TV? O que é que te motiva?

Blog Mum´s the Boss