Atualidade

11 de Outubro de 2013

Cuidado com a alimentação na gravidez

11.10.2013

Durante a gravidez é necessária uma alimentação cuidada para fazer face às necessidades da grávida e do crescimento do bebé. Se já existia uma dieta equilibrada antes da gravidez provavelmente não é necessário grandes alterações, mas devem-se ter alguns cuidados para assegurar que o bebé obtenha todos os nutrientes (proteínas, gorduras, glícidos, vitaminas, sais minerais) e nas proporções corretas.

Uma alimentação saudável durante a gravidez inclui a ingestão diária de cereais, vegetais, fruta, alimentos proteicos (carne, peixe, ovos, soja, feijão, frutos secos) e produtos lácteos (leite, iogurte e queijo). Deve-se limitar a ingestão de gorduras (manteiga, margarinas, azeite e óleo) e doces. É necessário beber quantidades suficientes de líquidos, sendo a água a melhor opção, porque os sumos de fruta, leite e iogurtes líquidos geralmente contêm quantidades elevadas de calorias. A roda dos alimentos transmite-nos as orientações básicas para uma alimentação saudável. Dentro de cada grupo estão reunidos alimentos nutricionalmente semelhantes, podendo e devendo ser regularmente alternados, tendo em conta as diferentes épocas do ano. A alimentação deve incluir diariamente alimentos de cada grupo e água, sendo a ingestão de alimentos de cada grupo proporcional à sua dimensão na roda.

Dentro do possível recomenda-se:

  • Fazer 5-7 refeições diárias a horas certas, com intervalos de cerca de 3 horas
  • Mastigar bem os alimentos
  • Comer fruta da época mas não habitualmente através de sumos, mesmo que caseiros
  • Preferir os alimentos simples, menos sujeitos a transformações industriais e livres de aditivos (corantes e conservantes)
  • Comer legumes e hortaliças, em parte através da sopa
  • Beber água em abundância nos intervalos das refeições. Às refeições apenas ingerir o suficiente para facilitar a mastigação
  • Limitar o consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas (ex. fritos, gorduras de carnes, manteigas, margarinas)
  • Limitar o consumo de sal, preferindo o tempero com ervas aromáticas frescas (salsa, orégãos, hortelã, coentros, aipo, alecrim, alho, cebolinho, estragão, louro)

De preferência devem-se evitar produtos de salsicharia/charcutaria, enlatados, batatas fritas ou aperitivos.

O consumo de açúcar ou produtos açucarados como refrigerantes, bolos, chocolates, compotas, rebuçados, etc. deve ser limitado a ocasiões festivas e de preferência no final das refeições.

A utilização de adoçantes ou edulcorantes não é uma alternativa recomendável na gravidez.

A leitura dos rótulos é importante na seleção dos alimentos com teor em açúcar. Sob a designação de açúcares engloba-se a sacarose, glucose, dextrose, frutose, maltose, lactose, açúcar invertido, mel e melaço.

 

Fonte: Impressa escrita