Espaço Família | Vem aí um irmão

Nutrição

26 de Abril de 2016

CONSERVAÇÃO DOS ALIMENTOS QUE DAMOS AO BEBÉ

Como sabemos a alimentação é fundamental para o bem-estar, saúde e desenvolvimento do bebé. Porém, podemos diminuir o valor nutricional dos alimentos que oferecemos ao nosso bebé se não o conservarmos de forma adequada.

É importante ter em conta onde armazenar e como, pois a forma como guardamos os alimentos pode reduzir as suas propriedades nutricionais e até mesmo retirá-las ou introduzir produtos tóxicos para o organismo do bebé.

600-03004396 © I. Jonsson Model Release: Yes Property Release: Yes Baby in High Chair Eating

© I. Jonsson

ONDE armazenar os alimentos do bebé? 

O recipiente de armazenamento da comida do bebé é de extrema importância dado que a maioria dos que encontra no mercado não estão preparados para armazenar e aquecer comida, libertando substâncias através do plástico de que é revestido. Esta libertação de um produto químico do plástico -chamado bisfenol- é altamente tóxico e tem um impacto tremendo na nossa saúde.

Pode optar por comprar recipientes isentos deste produto (costumam estar assinalados na caixa) ou guardar em frascos de vidro.

 

Tome nota – alguns estudos referem que o vidro pode reter as partículas de gordura nas suas paredes, por isso para não perder este elemento fundamental na dieta do bebé, pode optar por armazenar e aquecer no recipiente de vidro pois assim a gordura volta a misturar-se com os restantes ingredientes, aumentando as propriedades nutricionais dos alimentos que oferece ao bebé.

COMO armazenar os alimentos? 

Quando terminar de realizar as suas receitas deve armazenar a comida nos devidos recipientes, quer no frigorífico (para consumir brevemente) ou no congelador (se for a longo prazo).

Congelador:

Os alimentos guardados a -17 graus ou menos estão seguros por bastante tempo, uma vez que o frio evita a contaminação dos alimentos por bactérias. Contudo, os alimentos congelados muito tempo podem ficar queimados pelo frio e perdem bastante o seu valor nutricional. Para que isto não aconteça deve retirar o ar do recipiente que vai congelar e consumir de forma mais breve (máximo 3 meses) a refeição congelada.

 

Frigorífico:

No frigorífico a maioria da comida dos bebes (papa/purés) podem ser guardados entre 3 a 5 dias, numa temperatura de cerca de 5 graus.

 

Dica: Não armazene comida que o bebé já teve contacto. Porquê? Pois quando coloca a colher na boca e posteriormente na comida do bebé, essa comida fica contaminada com germes da boca, que posteriormente desenvolvem-se e proliferam para toda a comida do bebe.

Quando o bebé terminar de comer deite fora o que ficou no prato. Opte por guardar apenas as refeições que o bebé ainda não comeu.

Desta forma vai garantir que a comida do bebé está em boas condições , para que os nutrientes sejam bem assimilados durante a digestão!

 

Espero que estas dicas tenham sido úteis 😉

Vejam mais sugestões de receitas no site www.bebesaudavel.com

 

um artigo exclusivo Barrigas de Amor®

 

image

 

 

 

Enf. Carmen Ferreira  

Picture1