Atualidade

17 de Outubro de 2015

Compromisso na ONU para erradicar a pobreza em 15 anos

Líderes mundiais aprovaram em Nova Iorque a mais ambiciosa agenda de sempre para acabar com a fome no mundo e promover a saúde e o ambiente. O prazo expira em 2030.

Com um empurrão do Papa Francisco e de outras personalidades de referência, cada uma a seu modo, como a jovem Nobel da Paz Malala Yousafzai, ou a cantora Shakira, os líderes de 193 países aprovaram na sexta-feira (madrugada de ontem, em Lisboa) uma a ambiciosa agenda contra a pobreza para os próximos 15 anos, na Cimeira das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, que hoje termina em Nova Iorque.

Herdeiro dos Objetivos do Milénio, que expiram neste ano com alguns êxitos assinaláveis e outros assim-assim, o pacote de 17 objetivos e 169 metas “Transformar o nosso mundo: a agenda de desenvolvimento sustentável para 2030” estabelece um programa detalhado que pretende, à cabeça, erradicar a pobreza extrema e a fome no mundo nos próximos 15 anos. Mas em torno desse pilar estão contempladas também a proteção do ambiente, a começar pelas alterações climáticas que terão já o seu primeiro teste de fogo em dezembro, em Paris, na cimeira do clima, bem como a promoção da educação e da saúde para todos, a igualdade de género ou o consumo sustentável. Ainda agora nasceu, mas esta é já considerada a agenda global mais ambiciosa de sempre no combate à pobreza e na defesa do planeta.

Fonte: DN