Mães e Pais na 1ª Pessoa

Filipa Cortez Faria 

My Happy Kids

Como preparar a chegada de um baby boy – Parte

Há meses que ando para fazer um post sobre este tema e muitas são as pessoas que me têm perguntado por isto. Para quem adora o mundo dos bebés e as roupinhas deles ao estilo “queque”, é bem mais difícil encontrar soluções giras. Lembro-me que quando estava grávida do S. e ia às lojas encontrava um charriot de 1m com roupa de bebé para rapaz e o resto da loja era para meninas! Aliás, ainda é de certa maneira assim e lembro-me de na altura pensar que era um disparate. Andava uma pessoa a querer comprar uns kits giros para os baby boys e nada, saía de mãos vazias… Já com as meninas, é mais a carteira que sai vazia!!!! Verdade, não é, mães de meninas?!?!?!

Dou Graças a Deus por ter tido primeiro um rapaz, porquê?!
– Era o que o P. queria, primeiro um rapaz, depois uma menina, e a seguir era indiferente.
– Eu, como queria ter 3 filhos e acreditava que ia ter a benção de um rapaz e uma menina, fosse o que fosse, estava ótimo!! O que interessava é que viesse bem e cheio de saúde!
– No pressuposto de ter pelo menos dois filhos, era bom pensar que a princesa ia ter um irmão mais velho para tomar conta dela e fazer de bodyguard :)
Para além disto agora penso, ainda bem que veio primeiro o S.! Não só porque foi giríssimo ter o primeiro contacto com um menino, já que na família só há meninas, porque o S. é o filho mais querido que eu poderia querer ter, e “last but not least”, porque se gastei uma pequena fortuna com ele, imagino se fosse uma ela! HELP!
Adiante, até porque podia ficar aqui “horas” a falar deste assunto… :) Na altura preparei-me para o nascimento do S. através da imensa pesquisa online (de sites fidedignos!) e da compra de livros que me permitiam acompanhar cada semana da gravidez ao pormenor, mas também porque ficava a perceber melhor o que me iria fazer falta. Se por um lado os livros dizem para não comprar quase nada, meninas, não levem à letra porque eles (os babies) precisam imenso de mudar de roupa. Usam pelo menos 2 mudas por dia, quando não são mais! Imaginem xixi ou cocó, bolsadelas, etc. e os bebés querem-se lindos, cheirosos e penteadinhos!!!! Esta parte irei falar mais à frente.
Soube que ia ter um baby boy com 10 semanas de gravidez (teste menino ou menina que detecta a presença de cromossoma y no sangue da mãe), confirmei às 14-15 semanas (quando estava com algum desconforto e dores abdominais e tive de fazer uma eco) e a 2.ª confirmação às 21 semanas na eco morfológica. Rapaz mais rapaz não podia ser!
Apesar de saber cedo se seria um rapaz ou uma menina, só comecei a “investir” por volta das 15 semanas. Comecei com roupa de cama e com uns babygrows em malha da Laranjinha apetitosos. Lembro-me também de comprar um fofo azul escuro e branco aos quadradinhos com o body de golas branco debruado a azul escuro na Zara bem no início da coleção Primavera, lá para Março/Abril!

a

O S. com 15 dias :)

Blog Filipa Cortez Faria Kids & Design