Espaço Família | O nosso 1º Filho

Cuidados ao Bebé

18 de Agosto de 2014

Como cuidar do umbigo do bebé – sem aflições

1

Para muitos pais, o momento de limpar o umbigo é o mais tenso. Se faz parte desse grupo, deve-se ressaltar, em primeiro lugar, que o coto umbilical não tem terminações nervosas: o recém-nascido não sente dor quando é manuseado.

De aparência gelatinosa, esse coto seca dia após dia – e cai espontaneamente depois de duas semanas, em média. Mas pode levar até 20 dias, sem fugir da normalidade. Porém, é preciso cuidados. Como a área fica abafada por causa da fralda, está suscetível à proliferação de micro-organismos por trás de infecções, daí a importância de mantê-la higienizada e seca.

Depois do umbigo cair, pode aparecer uma mancha de sangue na fralda. Só é motivo de preocupação se sangrar muito. Na dúvida, convém ligar para o pediatra. Também é melhor consultá-lo caso o coto umbilical deite um cheiro forte ou se note a presença de pus, vermelhidão ou inchaço na região.

Mito ou verdade?

Enrolar a região do umbigo com faixas torna o umbigo mais bonito? Isso é um mito antigo e tais práticas caíram em desuso, por sorte, já que aumentam o risco de infecções (como o tétano neonatal), além de não influenciar na aparência do umbigo.

Quando prestar atenção…

…em caso de hérnia umbilical, caracterizada pela projeção do intestino através do umbigo, ou provavelmente por um defeito congénito no fecho da cicatriz umbilical. Tende a desaparecer no primeiro ano de vida, caso contrário, deve ser corrigida cirurgicamente.

…se surgir um nódulo mucoso, conhecido por granuloma umbilical. A recomendação é que o umbigo seja cauterizado com nitrato de prata, no consultório pediátrico.

Limpeza minuciosa

* No banho, lave a região normalmente, com água e sabão neutro e, no final, seque bem.

* A cada troca de fralda, higienize o umbigo com um cotonete embebido em álcool a 70%.

* Se o local entrar em contato com cocó ou xixi, lave-o novamente

uma rubrica:

barrigas-de-amor