Espaço Família | Como Cresceram

Nutrição

21 de Abril de 2013

Comida Vegetariana para Bebés e Crianças?!

Estava preocupada com o convite da minha cunhada para jantarmos lá em casa com os miúdos. Passei o dia a pensar…” mas ela é vegetariana, só cozinha comida vegetariana… a M. e o B. ainda são pequenos…”

Sim, as crianças podem comer refeições vegetarianas, desde os primeiros meses! Ainda que suscite admiração e desperte alguns receios, a alimentação vegetariana é adequada a qualquer idade. Podemos preparar refeições completas sem carne nem peixe, de uma forma simples e rápida, com grandes vantagens para a saúde e o seu desenvolvimento.

Para quem não está familiarizado com os alimentos típicos da cozinha vegetariana, saiba que pode adicionar um pedacinho de tofu (o chamado queijo de soja) nas sopinhas dos bebés, a partir dos 6 meses de idade, e preparar refeições com seitan (ou “carne vegetal”) a partir dos 10 ou 12 meses. Para além de poder usar uma multiplicidade de alimentos como cuscuz, millet, bulgur, quinoa, feijão, grão ou lentilhas.

Alimentos que devem ser introduzidos em função da idade, tal como as frutas e os vegetais, como é explicado no livro Alimentação Vegetariana para Bebés e Crianças*.

Se ainda tem dúvidas que seja adequado oferecer refeições vegetarianas, veja o que escreveu o pediatra Mário Cordeiro em O livro da Criança: “Poderão a carne e o peixe ser dispensáveis? Se a composição alimentar for equilibrada, garantindo à criança todos os requisitos para a sua saúde, o peixe e a carne não são de forma alguma obrigatórios. Pelo contrário, o maior risco para os nossos filhos, especialmente considerando a sua saúde em adultos, reside no excesso de ingestão de proteínas, com as consequências deletérias sobre a função renal, para além das infeções e outras doenças que possam transmitir».

Inúmeros estudos têm mostrado que um regime tendencialmente vegetariano pode contribuir para um maior equilíbrio e saúde, tanto em termos imediatos como a longo prazo. Muitas doenças crónicas, como a obesidade e a hipertensão, surgem em idades cada vez mais precoces e são consequência direta de uma alimentação com alto teor de gorduras, centrada nos produtos de origem animal e pobre em fibras. Podemos evitar isso, criando hábitos saudáveis desde o berço!

Gabriela Oliveira
Jornalista e autora do livro “Alimentação Vegetariana para Bebés e Crianças”
Facebook