Espaço Família | Como Cresceram

Internet & Tecnologia

18 de Junho de 2014

Combater os Riscos da Internet para Crianças – Um alerta para pais e educadores

Online-safety-for-children-kids-using-a-computer

Por reconhecer que a Internet é uma das melhores ferramentas do nosso dia-a-dia mas também uma fonte de riscos, a Kaspersky lançou um alerta com foco nos pais e educadores relativos aos riscos que decorrem com a utilização da Internet.

Proibir não é a melhor tática

Para os pais que proíbem a utilização da Internet sugerimos que optem por outras soluções. Na realidade os jovens têm Internet em vários locais, até mesmo na escola. Proibir a utilização desta ferramenta apenas irá aumentar o interesse pela sua utilização. A solução passa por uma presença na “vida online” dos filhos, de forma a mais facilmente os aconselharem sobre a utilização da mesma.

Explicar a importância da privacidade

As redes sociais podem assumir um local privado onde apenas conversamos com um determinado número de contactos, mas na verdade, se não forem tomadas as devidas precauções, todos os utilizadores da rede (milhares de pessoas) podem ter acesso aos conteúdos que partilhamos e alguns deles poderão não ser bem intencionados. Nesse sentido é importante fazer a distinção do que devemos manter privado e o que podemos tornar público. Informações como o nome completo, morada, a escola frequentada, o nome dos pais, o número de telefone, passwords e emails são alguns dos exemplos de conteúdos que nunca devem ser publicados.

É preciso pensar antes de escrever

É comum a sensação de que o que é escrito na Internet, fica na Internet. Contudo, é arriscado escrever na Internet algo que seria mal interpretado na vida real. Uma frase pouco sensata publicada na Internet, pode tomar uma proporção muito maior através de múltiplas partilhas entre utilizadores. Conflitos, linguagem inadequada, publicações negativas, insultos, assuntos de foro íntimo, não devem ser publicados.

Cuidado especial com o Cyberbullying

Se existe um colega que maltrata o seu filho na escola, é possível que este utilize a Internet e as redes sociais para manter o comportamento a partir de casa. Como pai, é fundamental que esteja alerta para o comportamento dos seus filhos, o seu estado emocional e o que publica (repare se existem mais desabafos nas suas publicações). Fale com ele sobre o que se passa e recolha o maior número de informação possível para prevenir estas situações. Para além disso, é necessário que pais e professores expliquem aos mais jovens que estes perigosos comportamentos não são considerados “normais”.

É extremamente importante que um pai não desvalorize uma situação relatada pelo filho e que procure ajudá-lo de forma a parar o sofrimento do jovem.

Navegue em Segurança!

 

Segurança Online

logo_internet_segura