Atualidade

2 de Outubro de 2014

Avós incluídos nos cálculos do IRS

Até agora, os avós que vivem com filhos e netos não podiam apresentar uma declaração de impostos conjunta com a restante família. Mas isto está prestes a mudar, se a proposta final da Comissão de Reforma do IRS for aprovada pelo Governo.

De acordo com o jornal “Público”, a comissão propõe que os ascendentes a cargo passem a contar para o quociente familiar, com uma ponderação de 0,3 pontos, à semelhança do que tinha sido proposto em relação ao número de filhos.

Para que os mais velhos possam entrar nestas contas, há duas condições: têm de viver com a família e não podem ter um rendimento superior à pensão mínima do regime geral, ou seja, cerca de 259 euros.

Esta ideia tinha sido sugerida pela Confederação Nacional das Associações de Família (CNAF) que espera assim que mais famílias optem por manter os idosos em casa.

A partir desta proposta, o Governo vai preparar um diploma autónomo ao Orçamento do Estado do próximo ano, que deverá ser apresentado nas próximas duas semanas. A reforma do IRS deve entrar em vigor em janeiro de 2015.

Fonte | Pais&Filhos