Espaço Família | O nosso 1º Filho

Cuidados ao Bebé

17 de Novembro de 2014

Apresentar cães e bebés

baby-with-labrador

“Como já explicámos, os comportamentos das crianças podem ser muito ameaçadores e confusos para os nossos animais! Por isso, antes de apresentarmos uma criança a um animal, deveremos ensinar-lhe como se comportar perto deles. Claro que, no caso dos bebés, isto muda de figura e devemos ter o cuidado de criar associações positivas desde o início para que não surjam problemas.

Em primeiro lugar, não devemos deixar o bebé no chão ou numa alcofa enquanto esperamos que o cão a venha cheirar, nem devemos deixá-los sozinhos na mesma sala sem supervisão como já referimos no artigo sobre a importância de supervisionar das interacções entre crianças e animais.

Quando chegarem a casa com o bebé podem escolher entre deixar as apresentações para mais tarde ou aproveitarem logo este primeiro momento. O importante é que seja numa altura em que se sintam relaxados e seja qual for a decisão, não se esqueçam de continuar a dar atenção e a manter a rotina do cão.  Escolham uma divisão sossegada, mantenham o bebé no colo e o cão na trela. Devemos incentivar o cão a aproximar-se do bebé de forma calma, observando sempre a sua linguagem e apenas enquanto este se mantiver calmo. Se o cão se aproximar do bebé de forma calma e gentil deve ser recompensado.

O passo seguinte é habituar o cão à convivência com o bebé. Não devemos deixar os momentos de atenção apenas para quando o bebé não está, aliás, o ideal é tornar a presença do bebé o mais agradável possível. Além de continuarmos a recompensar o cão por interacções calmas e apropriadas, podemos dar brinquedos de rechear ou ossos e mantê-lo na mesma divisão em que estivermos com o bebé. Se tivermos um cão treinado a andar à trela também podemos levar o bebé nos passeios (assim que possível!). Devemos criar o maior número de associações positivas para ambos! :)

Adriana Torres & Nina Melo
Das Patas à Cabeça