Mães e Pais na 1ª Pessoa

Inês Simões 

Eu, Mãe

Anatomia de um dia mau

Ele mama. Depois adormece mas não pode ser. Depois arrota e bolça. Depois bolça um pouco mais. Depois chora. Depois troco-lhe a fralda. Depois volta a chorar. E eu sempre a pensar nas milhares de coisas que tenho para fazer enquanto ele chora e bolça mais um pouco. Depois acalma e adormece. Acorda passado apenas meia hora. A chorar que se esgana. Mas ainda não é hora de mamar. Parece estar aflito com ar. Ando com ele pela casa enquanto chora. Finalmente arrota. Mas continua a chorar. Já não volta a dormir, por mais que tente. Entretanto passaram mais três quartos de hora e ele volta a mamar.

Repete cem vezes.

Eu adorava postar sobre coisas bonitas e interessantes, mas não tenho tempo, nem tenho assunto.

 

Blog: As Maravilhas da Maternidade