Espaço Família | Estamos Grávidos

Cuidados a ter no Pré-Parto

29 de Janeiro de 2014

Alterações Fisiológicas na gravidez

I. Sistema Cardiovascular

Como é constituído?

29.01.2014 - alterações fisiologicas na gravidez - A

 

O coração está localizado na cavidade torácica, entre os pulmões. É composto por quatro cavidades, duas aurículas e dois ventrículos, e é envolvido por um saco fechado, com um duplo forro, designado por pericárdio.

A parede cardíaca é constituída por três camadas de tecido: o epicárdio, o miocárdio e o endocárdio.

A frequência cardíaca consiste no número de vezes que o coração bate por minuto. O débito cardíaco consiste no volume de sangue que é bombeado pelo coração também num minuto.

 

Porque sinto o meu coração mais acelerado?

29.01.2014 - alterações fisiologicas na gravidez - B

Através do aumento do volume sanguíneo e de alterações no débito cardíaco, volume de contracção e frequência cardíaca, grávida e feto são bem supridos durante a gravidez. Durante este período, o volume sanguíneo aumenta 40 a 50% em relação aos valores verificados fora da gravidez. O débito cardíaco aumenta na 12ª semana, sendo o pico máximo na 28ª-32ª semana para valores 30% a 50% acima dos da não gravidez. A frequência cardíaca também aumenta ao longo da gravidez. No termo, a frequência cardíaca atinge o pico de 10-15 batimentos por minuto acima dos valores de não gravidez. Por todos estes motivos, é normal que sinta o seu coração mais acelerado do que costumava.

– Porque é que a minha pressão arterial está mais baixa?

As alterações que se verificam no sistema vascular vão influenciar a pressão arterial (PA), na qual ambos os parâmetros apresentam uma diminuição fisiológica que se inicia logo nas primeiras semanas da gravidez e atinge o seu máximo durante o segundo trimestre. Esta diminuição da pressão arterial pode também levar a que se sinta mais cansada, com mais sono ou até a sentir tonturas mais frequentes.

Esta diminuição da pressão arterial ocorre devido a modificações na estrutura da parede dos vasos sanguíneos e à vasodilatação (aumento do diâmetro dos vasos sanguíneos), pelo que vai ser exercida uma tensão menor sobre o sangue que sai do coração.

Porque é que os meus pés e pernas estão inchados?

Como resultado dos efeitos relaxantes da progesterona (hormona feminina), a resistência das veias diminui significativamente durante a gestação, o que reduz a velocidade do fluxo sanguíneo e contribui para a estase (zona com maior quantidade de sangue acumulada), principalmente em posições específicas como estar deitada de lado. A estase pode provocar o edema (inchaço) das pernas e pés, levando ao desconforto da mulher grávida.

 

Sofia Homem

Coordenador Helthy Mommy

Especializada em exercício e saúde

HM - logo peq