Mães e Pais na 1ª Pessoa

Catarina Beato 

Dias de uma Princesa

Absolutamente milionária

Sou rica. Absolutamente milionária. Escrevo com o coração na ponta dos dedos porque, aos 37 anos ainda faço amigos, daqueles que queremos que sejam para a vida toda, sem medo desse compromisso. Na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, até que a morte nos separe.

Quando aparecemos nas coisas que escrevemos, nessa coisa estranha de ter um diário público (como um blog), ou com maquilhagem e os cabelos alinhados na televisão perdemos o direito a ter dias maus, problemas financeiros, até mesmo memórias dolorosas ou outros maus estares diversos.
É o preço a pagar, explicam-me. Quando temos esse lado que aparece sempre sorridente criamos filtros e barreiras. Para que as críticas e os comentários anónimos não nos magoem, para que consigamos distinguir que nem todas as pessoas se aproximam porque gostam mesmo de nós.

Quem se aproxima pelos motivos errados vê coisas que não temos, vê a tal ilusão de que está sempre tudo bem e de que podemos mais coisas do que as outras pessoas, apenas porque aparecemos.
É o preço a pagar, explicam-me. Ainda que não entenda aquilo que estou a pagar, nem que preço é esse de que falam, mesmo que seja elevado, eu tenho como o pagar porque tenho a maior das riquezas. Nos dias horríveis em que não sorrio, nos desgostos, nas angústias, no cansaço eu tenho amigos. Chamo-lhes as minhas pessoas, aqueles que me cuidam, de quem eu cuido.

E mesmo que a vida nos dê razões para amargar e outras tantas para nos tornarmos castelos de muros altos e intransponíveis, às vezes a vida faz-nos carregar no botão e aparecem três símbolos iguais com o som das moedas a caírem, assim mesmo como nos filmes. O jackpot desta vida são as pessoas com quem nos cruzamos e reconhecemos como nossas.

É esta capacidade de nos encantarmos, baixarmos as defesas e pedirmos colo. A maior riqueza desta vida [para além do privilégio de ter saúde] é fazer amigos. Como diz a canção: se cuidas de mim, eu cuido de ti também.

Blog | Dias de uma Princesa