Atualidade

19 de Fevereiro de 2014

Aborto espontâneo pode ser evitado com mudança de estilo de vida

19.02.2014

Mais de um quarto dos primeiros abortos espontâneos poderiam ser evitados se as mulheres mudassem o seu estilo de vida, adianta um estudo dinamarquês.
Segundo os investigadores, levantar mais de 20 quilos por dia durante a gestação, ser obeso ou ter peso a menos aumenta o risco de aborto espontâneo. Já as mulheres com mais de trinta e poucos anos que consumam bebidas alcoólicas e trabalhem à noite estão mais propensas a perder a gravidez.

O estudo, que foi realizado pela Universidade de Copenhaga e que analisou mais de 90 mil mulheres, refere que só reduzindo todos os factores de risco é que se pode prevenir o aborto.

Em declarações à BBC, Caroline Overton, porta-voz da Royal College of Obstetricians and Gynaecologists, acrescenta que as mulheres que quiserem engravidar têm de ter uma dieta saudável, não serem demasiado magras nem terem excesso de peso, têm de deixar de fumar e pedir aos seus parceiros para fazerem o mesmo.

 

 

Fonte: Sol