Atualidade

23 de Março de 2015

A realidade virtual chega à maternidade

A primeira transmissão em direto de um parto através de realidade virtual aconteceu com recurso ao Samsung Gear VR.

A realidade virtual está a querer impor-se no mundo tecnológico. Mesmo que ainda não seja acessível a todos, mesmo que a sua utilidade ainda seja um pouco dúbia, a verdade é que as grandes empresas, apesar de não lhe darem destaque primordial, não param de a explorar.

A Samsung tem sido uma das marcas que lhe tem dado uma maior projeção e os Gear VR mostram agora do que a realidade virtual é capaz.

Se os partos transmitidos em direto não são por si uma grande novidade, poder observar todos os pormenores como se se estivesse no local, isso sim, é algo novo, mas que poderá vir a ser adotado não só em partos, mas em muitas outras situações, através da realidade virtual.

A primeira transmissão em directo de um nascimento através de realidade virtual com recurso ao Samsung Gear VR permitiu a um australiano assistir ao nascimento do seu filho, partilhando desta forma um dos mais importantes momentos da sua vida com a sua esposa.

O casal Alison e Jason Larke, deu as boas-vindas ao seu terceiro filho, Steele Larke, no dia 20 de Fevereiro. O pai, um eletricista que por questões profissionais é obrigado a ausentar-se frequentemente da sua cidade, teve que enfrentar uma das decisões mais difíceis da sua vida quando um importante e inadiável compromisso de trabalho em Queensland foi marcado exactamente para o dia previsto para o parto: aceitar o trabalho e perder o nascimento do seu terceiro filho, ou perder este contrato de trabalho e permanecer na sua cidade, Perth, com a sua esposa grávida Alison.

Apesar de estar em Chinchilla, uma longínqua cidade mineira de Queensland, através do equipamento Samsung Gear VR, Jace conseguiu assistir ao nascimento do seu filho em tempo real, como se estivesse na sala de parto em Perth, que se encontra a cerca de 4 mil quilómetros de distância, e o resultado foi este:

“Foi-nos dada a oportunidade de nos envolvermos neste projeto da Samsung, que permitiu ao Jace assistir ao nascimento do nosso filho e viver este momento comigo como se estivesse na sala de parto, e não a trabalhar num local que fica a quilómetros de distância, na outra ponta do país. O facto de ele não ter perdido um segundo de um dos mais importantes momentos da nossa vida e de ter partilhado comigo toda a esta experiência, mesmo que virtualmente, tirou-me um peso enorme de cima dos ombros. Foi absolutamente fantástico podermos usufruir de uma experiência verdadeiramente única que transformou as nossas vidas para sempre.”, referiu Alison.

Fonte: Portal Sapo