Espaço Família | O nosso 1º Filho

Cuidados ao Bebé

12 de Junho de 2013

A importância dos prebióticos para a saúde da pele dos bebés.

O J. chegou a casa com uma gama completa de produtos de higiene para a M. ” Agora sim está o enxoval completo” disse com muito orgulho! Estivemos a ler um artigo sobre a importância de cuidar e proteger bem a pele da nossa bebé e o J. quis assegurar que não falta nada! Eu adorei…cheira tão bem!

Até aos 3 anos de idade, a pele dos bebés é frágil, imatura e precisa de tempo para se desenvolver e adquirir todas as suas funcionalidades de proteção e de regulação de temperatura corporal.

Por esta razão, a pele dos bebés está mais exposta a agressões de agentes do meio ambiente, a medicamentos ou a produtos de higiene desadequados. Isto acontece porque os bebés têm uma pele muito fina e com um pH mais neutro, o que fragiliza a sua flora protetora.

Para os conseguirmos proteger, é fundamental manter o equilíbrio.

A pele dos bebés só está saudável e protegida, se conseguirmos regular a sua flora cutânea, isto é, se conseguirmos manter um equilíbrio perfeito entre microrganismos, privilegiando o desenvolvimento dos microrganismos benéficos.

Há equilíbrio quando os agentes benéficos conse- guem realizar a sua função de proteção contra os agentes nocivos. Fatores como a utilização de produtos desadequados ou com conservantes, carências nutritivas ou fatores do meio ambiente, propiciam o desenvolvimento mais rápido dos microrganismos agressores. Assim, eles conquistam mais espaço, aumentando o pH da pele que se torna alcalino (pH>7) e inadequado para o desenvolvimento dos organismos protetores.

Conclusão: o equilíbrio é posto em causa, as bactérias benéficas deixam de conseguir desenvolver-se e de proteger a pele frágil do bebé das bactérias nocivas que penetram na pele, originando problemas como irritação, prurido ou inflamação.

A resposta está nos Prebióticos.

Investigações científicas recentes demonstram que, na presença de um ingrediente prebiótico dermatoló- gico, as bactérias benéficas recuperam e crescem mais rapidamente. Mesmo quando o equilíbrio é perturbado, o prebiótico contribui para o desenvolvi- mento das bactérias benéficas, uma vez que é consu- mido apenas por estes microrganismos.

Resultado: como as bactérias benéficas se desenvol- vem muito rapidamente, as bactérias nocivas ficam sem espaço disponível para se desenvolver – e a flora cutânea fica regulada.

Com prebióticos, a pele frágil dos bebés fica mais resistente ao meio ambiente. As suas defesas ficam mais ativas e a pele exerce melhor a sua função de barreira protetora.

A experiência de Barral ao cuidado da pele do  bebé

Há 170 anos que Barral cuida das futuras mamãs. Agora, chegou a vez dos mais pequeninos. A pensar neles, e usufruindo de toda a sua experiência, Barral desenvolveu BabyProtect®, uma linha inovadora que protege a pele do bebé recém-nascido.

Com prebiótico dermatológico, Barral BabyProtect® ajuda a regular a flora cutânea e a proteger a barreira da pele, com toda a qualidade e segurança que o seu bebé merece e precisa.

logoBarral