Espaço Família | O nosso 1º Filho

Psicologia Clinica

20 de Fevereiro de 2014

A Entrada para a Creche

20.02.2014 - B

 

A entrada para a creche é um momento particularmente difícil… para mãe . Muito se tem falado dos benefícios e dificuldades do bebé na entrada para a creche. Hoje escolhi falar do impacto da entrada para a creche, na mãe.

Desde o nascimento do seu filho, que a mãe está 24h por dia centrada no bebé e nos seus novos afazeres de mãe. É a descoberta de uma nova dimensão do nosso ser e o envolvimento com o bebé ganha terreno todos os dias, é por tudo isso muito frequente que ainda muito antes de voltar ao trabalho, a mãe antecipe este momento com muita angústia e ansiedade.

Também coincide geralmente com o regresso da mãe ao trabalho, o que acresce ainda mais um ponto de angústia a esta fase. Não que não goste do trabalho que faz, mas porque a mãe vai ser apresentada a uma nova e muito exigente tarefa: a de ser mãe e ser profissional na sua área de trabalho. Nem sempre é fácil conjugar tudo e no início as dificuldades ainda parecem maiores.

Assim, a mãe não só está a sofrer a primeira separação do seu bebé, como está a colocá-lo num ambiente e com pessoas que ainda não conhece.

Por tudo isto representar muitas vezes uma angústia e sofrimento grandes, é frequentemente apenas no final da licença de maternidade que se contacta a escola, mesmo que a inscrição já esteja efetuada há meses.

Para ajudar mãe  e bebé a superar mais este desafio, pode ajudar estabelecer desde logo um contacto com a escola, conhecer pessoas e instalações, poder visitar com o bebé e nos primeiros tempos de creche fazer uma adaptação faseada em que nos primeiros dias o bebé fica só uma ou duas horas e a mãe volta para o vir buscar passado esse tempo. A pouco e pouco, esse tempo deverá ir sendo alargado ao período de toda a manhã, ou toda a tarde, consoante seja mas adequado para a família do bebé e para a escola. Passado este período inicial, o bebé pode começar a passar todo o dia na creche. Desta forma, quer o bebé, quer a mãe vão poder adaptar-se gradualmente. Para que possa decorrer desta forma, a entrada na creche deve ser feita ainda durante a licença de maternidade, o que também permite à mãe ter algum tempo consigo mesma para começar a organizar o seu regresso ao dia a dia fora de casa e sem o bebé.

É uma nova fase que começa para o bebé, mas é sem dúvida uma nova fase para a mãe também.

 

cefipsi

 

Dra. Patrícia Saramago

(Psicóloga Clínica e Psicoterapeuta)