Espaço Família | O nosso 1º Filho

Opinião

6 de Novembro de 2014

4 hábitos necessários que lhe ajudarão a ser uma mãe melhor

4_habitos_ajudarao_a_ser_uma_mae_melhor

As mães estão constantemente a cobrarem-se por tudo aquilo que possa ter relação com os seus filhos. A quantidade do tempo que passam juntos, a qualidade do mesmo, os cuidados que conseguem proporcionar em relação à educação, alimentação e saúde, além de tantos outros pensamentos que possam passar-lhe à mente.

Estão sempre a pensar que podem melhorar, e este pensamento é muito bom no fundo, porque desta forma conseguem fazer uma auto-avaliação dos seus atos e pensamentos e tornarem-se melhor a cada dia. No entanto, é preciso cautela para não se esquecerem das coisas boas e maravillhosas que têm feito com as crianças, não se subestime.

É possível criar bons hábitos para que possa sentir que está a melhorar como mãe. No início serão metas, mas posteriormente, com a prática constante estes comportamentos tornar-se-ão bons hábitos.

  1. Muitas mães não conseguem estar em casa na hora em que seus filhos acordam pela manhã, mas estão em casa à noite quando chega a hora deles se deitarem. Então não deixe que este momento seja algo simples. Pode acompanhar cada um de seus filhos até à cama, cobri-los, sentar-se um pouco ao lado deles e quem sabe até contar uma boa história para que possam dormir tranquilos. Isso, além de carinho, trará boas lembranças até quando forem maiores.
  2. Fique atenta às necessidades de cada um deles. Uma mãe atenta consegue ajudar os seus filhos em várias situações. Cada uma das crianças é diferente e tem necessidades diferentes, mas todas, sem sombra de dúvida, precisam de atenção e muito carinho. Muitas vezes vale colocar as tarefas de casa em segundo plano para dar mais atenção aos filhos. Eles crescem muito rápido e não há hipóteses de voltar atrás para retomar momentos perdidos junto a eles. Aproveite.
  3. Não deixe de pedir ajuda ao Senhor nas suas orações para que possa auxiliar-lhe neste grandioso mundo chamado maternidade. Inclua as orações na sua lista de prioridades e não deixe de orar também junto dos seus filhos, este é um bom hábito para inclusive ensinar aos mais pequenos.
  4. Acompanhe a vida deles. Conheça os seus amigos, as suas opiniões, as suas dificuldades. Esteja presente nas reuniões da escola e também nas festas que normalmente têm no colégio. Seja presente o máximo que conseguir. Brinquem juntos, assistam aos seus desenhos preferidos e também aos filmes que mais gostarem quando estiverem mais crescidos. Se possível, leve-os à escola e procurem-nos também; mas caso não seja possível devido ao trabalho ou outros afazeres ligue ou mande mensagens para eles sempre que possível para saber como estão. Leve-os a casa dos amigos ou nos passeios que programarem, por mais difícil que pareça para si é muito importante a sua presença ao lado deles em vários momentos.

Com tudo isso ainda é possível que se culpe por achar que não está a fazer o suficiente. Consulte sempre o seu coração e seja honesta consigo mesma. Procure auxílio do Pai e nunca desista dos seus filhos.

Fonte | Família